Buscar

Pesquisa confirma Nordeste como destino preferido para as férias de verão


E lá vem chegando o verão. Segundo a Embratur, para 26,5% por cento dos brasileiros, a expectativa é viajar nos próximos seis meses. Quase 50% dos entrevistados apontam o Nordeste como destino preferido. Sol e praia o ano inteiro atraem os visitantes, mas a riqueza cultural da região é seu principal patrimônio.

Piauí

O Piauí é a porta de entrada do Delta do Parnaíba, um espetáculo da natureza.

Único delta em mar aberto das Américas de terceiro maior do mundo. Outras opções são o turismo histórico, cultural e arqueológico nas cidades de Floriano, Amarante e Oeiras, finalizando o percurso Histórico-Cultural no Berço das Origens do Homem Americano com sítios arqueológicos na região de São Raimundo Nonato. O Parque Nacional Serra da Capivara abriga mais de 500 sítios arqueológicos, reunindo a maior concentração de arqueologia das Américas.

Maranhão

No Maranhão, destaque para o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, onde, vale lembrar, aconselha-se a visita acompanhada de guias credenciados. A capital, São Luís, tem um centro histórico fascinante. O roteiro inclui a Casa do Maranhão, a Rua Portugal, a Casa do Nhozinho, Casa das Tulhas, Palácio dos Leões, Matriz da Sé, Teatro Arthur Azevedo, Museu Histórico e Artístico do Maranhão, Centro de Cultura Popular Domingos Vieira Filho, Convento das Mercês e o Cafuá das Mercês.

Ceará

No Ceará, que tem cerca de 600 km de praias, Jericoacoara é um dos destinos mais conhecidos. Antiga vila de pescadores, transformada em Área de Proteção Ambiental e Parque Nacional em 2002, “Jeri”, como é conhecida atrai praticantes de windsurf e outros esportes radicais. Para quem curte conhecer um pouco mais da história do lugar, um roteiro para se fazer a pé Centro histórico de Fortaleza: Theatro José de Alencar, Praça do Ferreira, Centro de Turismo do Ceará, Passeio Publico (Praça dos Mártires), Catedral Metropolitana de Fortaleza, Mercado Central de Fortaleza e Centro Dragão do Mar.

Rio Grande do Norte

Com mais de 400 km de litoral, é natural que os destinos mais procurados no RN sejam as praias potiguares, com a de Genipabu (foto) Mas há muito a ser explorado fora dos roteiros dos famosos passeios de bugues nas dunas. O turismo no interior do Rio Grande do Norte destaca-se principalmente pelas festas de carnaval (Caicó, Macau e Guamaré), São João (Mossoró) e de datas religiosas (Festa de Santana em Caicó e Currais Novos; de Santa Luzia em Mossoró; de Nossa Senhora da Guia, em Acari; e de São Sebastião em Parelhas e Caraúbas).No entanto, tem crescido bastante a procura pelos festivais gastronômicos (Martins e Pipa) e literário (Pipa). Para quem gosta de frio, as temperaturas das regiões serranas de Monte das Gameleiras, Martins e Serra de São Bento chegam a 15 graus e são um convite para se apreciar uma conversa em torno de uma fogueira.

Natal, capital do Rio Grande do Norte, é uma cidade cheia de opções: dunas, lagoas, praias urbanas cheias de agitação, comidas típicas e artesanato. O cartão postal é o Morro do Careca, na praia de Ponta Negra, o Forte dos Reis Magos, fortaleza construída em forma de estrela entre o rio e o mar. Passear pelo Centro Histórico de Natal é uma boa opção para quem quer conhecer mais da cultura potiguar. O tour pelo Corredor Cultural vai da Igreja de Santo Antônio, conhecida também como Igreja do Galo, a pequena e charmosa Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, onde aos domingos tem missa em latim (veja o vídeo em nosso perfil do Instagram). Na Praça Augusto Severo, o Teatro Alberto Maranhão.

Alguns dos destaques durante o percurso são a Praça André de Albuquerque, o marco zero da cidade, o Palácio da Cultura, a Praça João Maria, o Largo Vicente Lemos, o Solar Bela Vista, o Palácio Felipe Camarão, sede da Prefeitura de Natal, a Fundação Capitania das Artes e a casa de Luis da Câmara Cascudo. Atrações como o Museu de Arte Sacra e o Museu Café Filho, casa do ex-presidente, também estão no roteiro. Outro roteiro obrigatório é Centro de Turismo de Natal, uma das construções mais importantes da cidade, onde cada loja ocupa uma das antigas celas da prisão que funcionou no local. Do Centro de Turismo, vale uma caminhada até o Mirante da Ladeira do Sol, onde se pode avistar boa parte do litoral.

Paraíba

Na Paraíba, destaque para a Ponta do Seixas, em João Pessoa, ponto mais setentrional das Américas. João Pessoa é uma das capitais brasileiras com melhor qualidade de vida e conhecida pelo verde e por seus espaços para o lazer. Tanto na orla, quanto nos bairros, há áreas para caminhada e prática de esportes. Grande parte das praças da cidade conta com equipamentos de ginástica. Além disso, os ciclistas têm à disposição, várias ciclovias e ciclofaixas.

Para os amantes da história e arquitetura, vale uma visita à Estação Cabo Branco, na capital, e ao Museu de Arte Popular (foto), em Campina Grande (a 132 km da capital), projetos de Oscar Niemeyer. Tombado pelo IPHAN como Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, o Centro Histórico de João Pessoa leva o turista a fazer uma viagem no tempo.

Pernambuco

Os cenários convidativos de praias paradisíacas como Tamandaré e Porto de Galinhas são apenas alguns dos atrativos. Pernambuco se destaca, ainda , na importância histórica de suas tradições culturais, como os festejos carnavalescos e juninos. O litoral com cerca de 187 km de extensão, entre praias e falésias, zonas urbanas e locais praticamente intocados, representa o principal atrativo turístico do Estado, que inclui o arquipélago de Fernando de Noronha, frequentado por brasileiros e estrangeiros durante todas as épocas do ano.

O Recife Antigo, bairro mais tradicional da capital pernambucana, polo cultural e de animação, é ponto de visitação imperdível. São bares, restaurantes, boates, feirinha de artesanato, além do marco zero da cidade e da primeira sinagoga das Américas, a Kahal Zur Israel, construída em 1637 por judeus que vieram de Amsterdã para viver no Recife.

O Sítio Histórico de Olinda (foto) é uma atração à parte. Um dos mais importantes conjuntos arquitetônicos do país, Olinda recebeu o título de Patrimônio Cultural da Humanidade, concedido pela Unesco, e de primeira capital brasileira da cultura. Os antigos casarios e as charmosas ladeiras contribuem para o charme da cidade, que também é palco de uma das festas mais populares do Brasil: o Carnaval.

Alagoas

Piscinas de águas mornas e cristalinas compõem o cenário de um destinos mais procurados de Alagoas: Maragogi. Na capital, as principais praias são Ponta Verde, Jatiúca e Pajuçara. Para uma viagem pela história e cultura do estado, vale incluir no roteiro um passeio pela Catedral Metropolitana de Maceió, o Palácio Floriano Peixoto e o bairro histórico de Jaraguá, com diversas construções históricas.

Sergipe

Sergipe se destaca pela qualidade de vida de sua capital, Aracaju, paisagens deslumbrantes, monumentos históricos e uma explosão de cores e sons nas suas manifestações populares. Seu litoral, com belas praias de grandes faixas de areia e águas mornas, apresenta estuários e manguezais, formando um espetáculo natural e encantador.

No interior, o visitante encontrara a história preservada nas ruas e construções das cidades de Laranjeiras e São Cristóvão, a quarta mais antiga do Brasil e candidata à Patrimônio da Humanidade. Em Sergipe, o visitante poderá ter contato com a cultura do Agreste ao conhecer o sertão sergipano e navegar pelo Cânion de Xingó, o quinto maior cânion navegável do mundo.

Bahia

A Bahia é o principal destino turístico dos brasileiros. Praias, patrimônio histórico e tradições culturais são as principais atrações, além do folclore, culinária, o Carnaval e o sincretismo religioso. Os roteiros de destaque incluem Porto Seguro, Itacaré, Praia do Forte, Morro de São Paulo, Itaparica, Ilhéus, Lençóis e Sauípe. São 1200 quilômetros de costa e quase 300 praias: para badalar, para quem quer sossego, com resorts para distrair a criançada ou com charmosas pousadas nas quais imperam a calma e o silêncio.

A Bahia guarda ainda surpresas como as aves marinhas do Arquipélago de Abrolhos e programas como observação de baleias na Praia do Forte. No interior, brilham as águas cristalinas que brotam das serras da Chapada Diamantina, o principal destino de ecoturismo do Brasil.

(Com informações do Portal Ministério do Turismo e dos portais de turismo dos estados)

#turismo #Nordeste #maisturismoNordeste #história #cultura #arte

25 visualizações

Realização:

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon