top of page

Um senhor de 135 anos


Um dos cartões postais mais famosos do Rio Grande do Norte, o Cajueiro de Pirangi está completado 135 anos. Para celebrar a data, o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – Idema preparou uma programação ao longo desta quarta, dia 20, unindo artesanato, música, valorização da cultura potiguar, bolo de aniversário e muita animação.


A história do maior cajueiro do mundo remonta ao século XIX, quando foi plantado por um pescador chamado Luís Inácio de Oliveira. Hoje, é reconhecido pelo Guinness World Records como o Maior Cajueiro do Mundo, desde 1994.


Na programação do próximo dia 20 haverá uma exposição de artesanato local, das 8h às 16h, com trabalhos de renda de bilro, bolsa de junco e juta; Cajuteca; apresentação de artistas locais, como Júlio César e Tony Show, entre outras atrações.


Sua impressionante extensão de galhos se espalha por uma área de mais de 9.000 metros quadrados, formando uma verdadeira floresta em torno de si mesma. Ao longo dos anos, esse gigante da natureza tornou-se um símbolo de resistência e vitalidade, desafiando as adversidades climáticas e mantendo-se firme como testemunha do passar do tempo.


Ao longo de sua existência, o Cajueiro de Pirangi tem sido preservado, com medidas de manejo e manutenção para garantir sua longevidade. A cada ano, milhares de visitantes, entre turistas e moradores locais, contemplam a imponência desse exemplar único, tornando-o uma atração turística imperdível na região.


Além de sua grandiosidade física, o Cajueiro de Pirangi é envolto em lendas e histórias locais que enriquecem sua trajetória. Diz-se que o cajueiro se originou a partir de uma semente trazida por um pássaro, ou que Luís Inácio de Oliveira teria plantado a semente como um presente para sua esposa. Essas narrativas contribuem para a magia que envolve o local, transformando-o em um ponto de interesse não apenas para os amantes da natureza, mas também para aqueles que buscam um mergulho na cultura e nas tradições locais.


O Cajueiro de Pirangi é aberto todos os dias da semana, das 7h30 às 17h. A entrada custa R$ 8,00. Crianças, de sete a 12 anos, pagam meia-entrada, assim como estudantes, professores e idosos, portando carteira comprobatória. Especialmente na quarta-feira (20), a entrada é gratuita para todos os visitantes.


Fonte: Assessoria de Comunicação/Idema

Imagem: Divulgação



11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page